Blog

Quais são os motivos da infelicidade da Geração Y?

Quais são os motivos da infelicidade da Geração Y?

Nascidos a partir do início da década de 80, a Geração Y (Millennials) é a maior em números absolutos em uma perspectiva global, tem um alto poder de compra se comparado ao das outras gerações quando eram jovens, e é também a geração mais infeliz. Mas por que infeliz?

Antes de falar sobre os motivos que tornam a Geração Y infeliz, primeiro precisamos definir o que faz alguém feliz ou infeliz. A fórmula é simples: Felicidade = expectativa  –  realidade. Ou seja, quando a realidade da vida de uma pessoa é melhor do que ela esperava, ela é feliz. Quando a realidade acaba por ser pior do que a expectativa da pessoa, ela é infeliz.

Agora vamos contextualizar o estilo de vida das gerações que antecederam os Millennials.

A Geração Baby Boomer nasceu logo após o fim da II Guerra Mundial, nos anos 40 e 50, e viveram os tempos difíceis de um pós-guerra. As pessoas dessa geração se caracterizam por gostarem de um emprego fixo e estável, ou seja, valorizam estabilidade econômica. A geração seguinte, os nascidos anos 60 e 70, é conhecida como Geração X. Inconformados e entusiastas, eles participaram de grandes mudanças e a prosperidade dos anos seguintes os deixou mais otimistas que a Geração Baby Boomer, passando para a geração seguinte (a Geração Y, que na grande maioria são filhos da Geração X) a ideia de que como protagonistas de suas vidas “poderiam ser o que quisessem”.

Isso nos leva a uma caraterística marcante da Geração Y: Ambição, portanto, os Millennials precisam mais do que estabilidade e um bom emprego para serem felizes. Eles querem seguir seus paixões e sonhos, ou seja, querem ganhar dinheiro fazendo algo que tenha sentido, propósito e que seja tão incrível como eles pensam que também são. O que nos leva a outra característica da Geração Y: eles se acham especiais.

Então ao entrarem no mercado de trabalho, se deparam com a realidade: não é porque uma pessoa se acha especial que o resto do mundo também vai achar. Para fazer sucesso e ter uma carreira fantástica é preciso trabalhar MUITO!

Segue outras características destacadas pelo blog Huffington Post:

• A Geração Y é ESSENCIALMENTE digital e vive sob a lógica da vida editada perfeita que compartilhamos loucamente nas redes sociais.
• Então temos: pessoa criada com expectativas não realistas + se achando especial + quebrando a cara quando chega ao mercado de trabalho + vida incrível dos outros nas redes sociais = recalque + infelicidade
• Mesmo que o início da carreira da pessoa seja igual ao do resto da geração, ainda assim ela vai se sentir frustrada achando que os unicórnios do vizinho são mais mágicos que os seus.

Se você é um Millennial e também se identificou com essa situação, segue abaixo três dicas práticas do autor das três características descritas acima:

1)  Continue sendo ambicioso: O mundo está cheio de oportunidade pra quem é ambicioso e corre atrás.
2) Pare de se achar especial: Porque 99% das pessoas não são, elas apenas ralam pra caramba e chegam lá.
3) Ignore o resto: Pare de olhar pro unicórnio do vizinho achando que ele é mais mágico que o seu. Ele provavelmente está passando pelos mesmos perrengues que você, só que é mais competente em editar sua vida.

Com informações do Huffington Post