Blog

Lideranças Femininas no DF

Lideranças Femininas no DF

O Brasil possui uma população em expansão de empreendedores, incluindo as mulheres, que assumem funções de liderança, antes ocupadas pelos homens. Hoje, elas possuem alta escolaridade e são mais objetivas em um mercado de trabalho mais competitivo.

Para elas, alcançar o sucesso não está relacionado com as peculiaridades e facilidades do gênero, mas sim, com a capacidade de liderar. “Empreender condiz com sua capacidade de lidar com desafios e administrar conflitos. Para o sucesso não existe sexo, existe competência”, destacam Andréia e Jaqueline Azevedo, sócias da agência Sisters Live Marketing.

As irmãs Azevedo são exemplos de mulheres guerreiras e empreendedoras. Andréia e Jaqueline resolveram abrir o próprio negócio em um eventual bate-papo. Elas desenvolvem atividades de interlocução viva entre marcas e pessoas, provocando compreensão diferenciada de produtos, serviços e marcas. “Eu tenho a experiência em gestão de negócios e de pessoas, e minha irmã tem muita experiência na área de comunicação/marketing. Nós percebemos que poderíamos unir as duas experiências e fazer diferente no mercado, mas ainda vivemos em um país um tanto machista. Isso afeta a credibilidade do potencial feminino”, contam as irmãs.

A atuação da mulher está presente em distintos ramos do negócio. Juliana Guimarães, por exemplo escolheu junto com seu sócio, e também marido, montar a 4Legal Coworking. Uma empresa que trabalha com coworking, eventos, consultoria e endereço fiscal. Para Juliana, o maior obstáculo para o empreendedorismo está na falta de educação empreendedora no país. “Trazer novidades para o mercado e ter como principal tarefa dar suporte para empresários, empreendedores e profissionais autônomos que querem fazer a diferença foi o motor para a criação do meu negócio”.

Fonte: Jornal da Comunidade