Blog

#VemDeBike: Pedal nas Asas de Brasília

#VemDeBike: Pedal nas Asas de Brasília

Grandes centros ao redor do mundo veem trabalhando cada vez mais afim de estimular formas de mobilidade urbana que dão preferência aos meios de transportes públicos e sustentáveis. No Brasil, cerca de 85% da população vivem em áreas urbanas. O crescimento acelerado das nossas cidades veio acompanhado do aumento do transporte individual e o resultado foi o comprometimento da qualidade de vida da população. O atual desafio do nosso país é integrar os diferentes meios de transporte da maneira mais eficiente, acessível e sustentável.

Em todo mundo há várias experiências bem sucedidas que demonstram a viabilidade de soluções não motorizadas e que permitem às pessoas aproveitar os espaços ao ar livre, redescobrindo o valor de ir às ruas. Um exemplo nacional é o programa Bike Rio que integrou a bicicleta à malha de transporte dos cariocas.

Brasília foi planejada há mais de 50 anos e desde então, de uma maneira bem própria, a ocupação de seus espaços públicos é cada vez mais constante. O que se ver por aqui, dificilmente você verá em outro grande centro urbano. Estamos cercados por grandes espaços verdes e por campos abertos que nos proporcionam a realização das mais diversas atividades ao ar livre.

Pedalar pelas largas avenidas da Capital Federal pode ser uma experiência bem interessante. E um grande aliado dos ciclistas da daqui é o projeto de ciclovias. Afinal, estamos em primeiro lugar no Brasil em quilômetros de vias exclusivas para ciclistas. Ligados nessa tendência, nós do 4Legal e a galera da GaaS Ideias criamos o #PedalNasAsas. Se liga só: a ideia é aproveitar estes mais de 600km de ciclovias espalhados pelo DF. Mostrar que um passeio de bike pode ser uma tarefa simples, saudável e prazerosa. Além de estimular a apropriação de um espaço que é de todos nós. Cada pedalada tem um trajeto diferente e sempre termina num lugar que permite apreciar o nosso céu maravilhoso e um descanso embaixo das milhares de árvores que embelezam nossa cidade.

 

luiz

Luiz Guimarães

O ponta pé inicial foi dado neste domingo (18). Juntamos a galera na Asa Sul e fomos pelo Eixão do Lazer à rodoviária. Em seguida, pedalamos pela Esplanada dos Ministérios, passando pela Biblioteca Nacional, Museu da República e Catedral. Neste momento, a Jú tentou comprar um algodão doce, mas o tio que vende não estava lá. Demos continuidade ao trajeto pela ciclovia a Esplanada, rumo Praça dos Três Poderes. Luiz Guimarães, sócio GaaS ideias, nasceu na cidade, sempre morou aqui, mas só com a experiência proporcionada pelos passeios de bike pode reparar detalhes da cidade que, outras vezes, passavam despercebidos. “Andar de bike pela Esplanada é muito legal. Você tem uma noção melhor da grandiosidade da nossa cidade”, relata o publicitário (35).

Fernando Santiago

Fernando Santiago

O Trajeto de volta foi pelo Setor de Autarquias Sul, com direito a uma passadinha em frente ao prédio do 4Legal. Dalí, pegamos a ciclovia da L2 Sul rumo a 216 sul. Fernando Santiago, sócio-fundador 4Legal, notou alguns problemas na via exclusiva para ciclistas, mas nada que atrapalhasse o passeio. “Em relação à ciclovia da L2, existem alguns problemas de continuidade. Percebi também falta de sinalização das rotas”, reforça o advogado de 32 anos.

Chegamos na 414 Sul, onde o rolê terminou no Sound Eat’1 BSB, um encontro de amigos que estava rolando por lá regado a muita música e várias comidinhas, os já tradicionais foodtrucks. Juliana, sócia-fundadora 4Legal percebeu o quanto os espaços de nossa cidade podem ser utilizados por todos. “Brasília é uma cidade preparada para fazer coisas durante o dia. A gente sai de casa no domingo e vê as pessoas caminhando com cachorro, alugando bikes no Eixão do Lazer e aproveitando para saborear os mais diversos tipos de comidas com os foodtrucks”, reforça  publicitária de 30 anos.

Juliana Guimarães

Juliana Guimarães

O 1º Pedal nas Asas foi uma experiência única e agradável. Queremos fazer com que mais pessoas vivenciem isso em Brasília, interajam, se conheçam, façam novas amizades e, porque não, novos negócios. Você pode até aumentar a sua rede de contatos de uma forma bem legal: pedalando pela cidade. Domingo que vem tem mais. Pode vir e trazer quem quiser, só não pode esquecer a sua bike.

“O Pedal nas Asas, que estimula a prática de exercícios físicos através da pedalada, faz a gente perceber cada vez mais o quanto a gente pode contribuir para o uso dos espaços que nossa cidade oferece”. Juliana Guimarães – Sócia-fundadora 4Legal

Com informações do Compartibike